Após cumprir suspensão na última quarta, Copete volta ao time titular do Santos contra o Vasco (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Após a vitória sobre o Atlético-MG, na última quarta-feira, no estádio Independência, o Santos alcançou a terceira colocação do Campeonato Brasileiro. Porém, mesmo com o salto na tabela, o Peixe está a 12 pontos de distância do líder Corinthians.

Como também perde no saldo de gols, o Alvinegro Praiano precisa ‘tirar’ cinco rodadas de diferença para ultrapassar o rival. Apesar a missão bem difícil, Jonathan Copete ainda não jogou a toalha no Brasileirão.

O colombiano, inclusive, citou o exemplo da competição do ano passado para afirmar que o Santos pode levar a taça. Em 2016, os santistas estavam 11 pontos atrás do Palmeiras na 31ª rodada. Quatro partidas depois, a diferença caiu para apenas quatro.

“No ano passado, quando eu cheguei, o Palmeiras tinha essa vantagem para o Santos e ficamos em segundo, colocamos pressão. Tudo pode acontecer no Brasileiro. Seguimos trabalhando. Enquanto puder lutar, vamos seguir”, explicou o atacante em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Porém, se quiser conquistar o Brasileirão, o alvinegro precisa ir além do que fez na última temporada, afinal, mesmo após encostar na liderança, os santistas acabaram sucumbindo nos últimos jogos e viram o Verdão levantar a taça.

Neste domingo, às 16h (de Brasília), o Peixe visita o Vasco no estádio Nilton Santos, pela 14ª rodada do Brasileirão.