1342621986renilde

 Rafael Nadal ergueu pela 11ª vez o troféu de Roland Garros neste domingo. Incansável no saibro de Paris, o espanhol selou a nova conquista com uma boa vitória sobre o austríaco Dominic Thiem, atual número oito do mundo, pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/2. O rival de 24 anos fez apresentação razoável, mas não resistiu à supremacia do número 1 do mundo em seu piso favorito.

Com mais uma aula de tênis no saibro, Nadal ampliou seu recorde de títulos em Roland Garros. Nenhum outro tenista da história conquistou 11 troféus no mesmo Grand Slam no masculino - no feminino a australiana Margaret Court venceu 11 vezes no Aberto da Austrália. No geral, o espanhol chegou ao 17º título de Slam, aproximando-se novamente do recordista Roger Federer, que soma 20.

Superior ao longo de toda a partida decisiva, Nadal confirmou sua hegemonia no saibro. Dos últimos dez torneios disputados na superfície, nos últimos dois anos, ele foi campeão em oito deles O "Rei do Saibro" só foi batido justamente por Thiem, por duas vezes (uma em cada temporada), o que já lhe valia um precoce apelido de "Príncipe", por seguir os passos do rival.

Porém, seu nervosismo, seus 42 erros não forçados e a grande forma vivida por Nadal acabaram com o seu sonho de conquistar o primeiro Grand Slam, logo em sua primeira final. O espanhol fechou o jogo mesmo após receber atendimento médico em quadra por três vezes no terceiro set.