Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Um goleiro argentino foi morto na saída de uma casa noturna em Buenos Aires. Facundo Espíndola, de 25 anos, foi atingido no peito durante uma briga quando deixava a boate. A polícia prendeu o atacante Nahuel Oviedo, suspeito de ter atacado o jogador, e crê que o objeto utilizado para ferir Espíndola tenha sido uma faca.

Segundo informações do jornal 'Olé', a confusão teve início a uma rua próxima da casa noturna em Hurlingham, na região metropolitana de Buenos Aires, por volta das 6h30 da manhã desta segunda-feira. A briga envolveu vários homens que desferiam socos e pontapés. Durante o conflito, o goleiro foi atingido no peito e conseguiu ainda caminhar por alguns metros, mas caiu logo depois. No ocorrido, Oviedo entrou no carro e saiu rápido, mas acabou sendo detido pela polícia mais tarde. As imagens da confusão foram gravadas por câmeras de monitoramento.

A polícia ainda não se pronunciou sobre o caso, mas segundo o site 'Infobae', já teriam encontrado a faca utilizada durante a briga. O objeto mede 30 centímetros e foi achado próximo ao local da briga. Oviedo possui antecedentes criminais, tendo sido fichado anteriormente por roubar uma residência e agredir uma policial. Atualmente, ele joga pelo San Telmo. 

Morto durante a confusão, Espíndola já havia atuado nas categorias de base do Chacaritas Juniors, River Plate e Lanús. Atualmente, estava sem clube.