Thiago Davino - Minuto Esportes Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true CRB

Mais um jogo em casa, mais uma chance de se afastar do Z4 da Série B desperdiçada e por fim, mais uma frustração para a torcida. O CRB recebeu o Londrina na tarde deste sábado (28) no Estádio Rei Pelé, saiu perdendo, mas acabou conseguindo empatar em 1 a 1.

O resultado só não foi pior, porque o CRB não voltou para a zona do rebaixamento. No entanto, o time regatiano se vê pressionado internamente, assim como pelos adversários e terá a missão de se recuperar, na próxima rodada, jogando fora de casa diante do Figueirense.

O JOGO

A partida começou com os dois times se movimentando bem, buscando o gol. O CRB teve a primeira chance com Felipe Menezes, que ficou de frente para o gol, mas demorou para chutar e foi barrado pelo goleiro Vágner.

Já o Londrina quando foi ao ataque, não perdoou. Aos 5 minutos, o experiente atacante Dagoberto recebeu cruzamento na área, tomou a frente da zaga do CRB e tocou com estilo para o fundo das redes.

Foto: Thiago Davino/MinutoEsportes

 

Depois do gol o Londrina tentava administrar o resultado e atacar nas brechas deixadas pelo CRB. A equipe regatiana por sinal, tentava de todas as formas e até assustou com Rafael Costa e Diogo Matheus.

A insistência do CRB deu resultado aos 33 minutos. Escanteio para o “Galo”, Rafael Costa cabeceou forte, o goleiro não segurou e Everton Sena mandou para o gol. Tudo igual no Rei Pelé no primeiro tempo.

Foto: Thiago Davino/MinutoEsportes

 

No segundo tempo, o que se viu foi um jogo travado, de muita marcação, faltas e substituições. No entanto, os treinadores de CRB e Londrina não conseguiram mudar o patamar do jogo.

O time alagoano até assustava nas bolas aéreas, mas a jogada mais perigosa do segundo tempo veio para o time visitante. O também experiente, atacante Thiago Ribeiro, bateu e assustou o goleiro João Carlos.

Poucas chances, pontaria ruim e o placar não foi alterado. Final de jogo no “Trapichão”, CRB 1 x 1 Londrina.