Foto: Ascom-Figueirense Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Dos males, o menor. O CRB teve um desafio complicado nesta terça-feira (31), diante do Figueirense no Estádio Orlando Scarpelli em Florianópolis, e no final das contas, conseguiu um bom resultado ao segurar o empate em 0 a 0, terminando com um jogador a menos e consequentemente deixando a zona do rebaixamento da Série B.

O resultado levou o CRB aos 21 pontos, subindo para a 16ª colocação da tabela de classificação, empurrando o Criciúma para o Z4. No entanto, a equipe catarinense ainda entra em campo pela rodada, diante do Sampaio Corrêa no Maranhão.

O JOGO

A partida começou lenta, sem muitas investidas das equipes, mas numa jogada despretensiosa o CRB desperdiçou uma grande oportunidade. Confusão na área adversária e a bola sobrou para Felipe Menezes, que livre, mandou por cima do gol.

Depois disso, o Figueirense passou a subir mais ao ataque e por duas vezes assustou, as duas com Maikon Leite. A primeira parou no goleiro João Carlos e a segunda por cima da baliza alvirrubra.

Foto: Ascom-Figueirense

 

Na reta final do primeiro tempo o “Galo” voltou a assustar, dessa vez com Rafael Costa. O atacante foi acionado na área, limpou a defesa e chutou perto do goleiro Denis.

As chances voltaram a aparecer na etapa complementar. Logo nos primeiros minutos, o Figueirense até balançou as redes com Henan, mas o impedimento foi assinalado.

O jogo no segundo tempos seguia equilibrado, mas iria complicar o CRB. Em jogada rápida pela esquerda, Juninho sofreu falta dura de Anderson Conceição, que recebeu o cartão vermelho direto.

Com um jogador a menos, a partida mudava de cenário. Isso porque o CRB passou a se segurar mais no seu campo de defesa e o Figueirense passou a atacar.

Nos últimos minutos de jogo, Diego Renan e Matheus Ribeiro criaram duas boas chances, mas desperdiçaram. Final de jogo em Florianópolis, Figueirense 0 x 0 CRB.