Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians 93a2edb7 3aa6 4056 878d 82721a23fb7f

O volante Gabriel deve ser uma novidade do Corinthians para o duelo do próximo domingo contra o Internacional na Arena, pelo Campeonato Brasileiro. Ele substitui Ralf, que cumprirá suspensão. Mas o camisa 5 enxerga além do confronto contra os gaúchos e sonha em fazer história no clube com uma sequência de títulos de fazer inveja a qualquer um. 

Desde 2015, Gabriel conquistou pelo menos um título nacional por temporada. A dinastia começou no seu ano de chegada ao Palmeiras, com a conquista da Copa do Brasil de 2015 em cima do Santos. No ano seguinte, volante estava no elenco campeão brasileiro e, no ano passado, chegou ao Corinthians para ser bicampeão brasileiro. Ou seja, Gabriel tem a chance de manter a média e fechar a quadra com a conquista de mais uma Copa do Brasil.

O Corinthians está na semifinal da competição nacional e decide o jogo de volta contra o Flamengo na quarta-feira que vem na Arena. O primeiro duelo foi 0 a 0 no Maracanã. Basta uma vitória simples para ir à final. Gabriel se anima. 

- Eu fico muito feliz, não tinha pensado nisso, você agora me fez relembrar. Uma marca muito especial para mim, para minha carreira e fica ainda mais importante. Lógico que a importância já tem, de buscar esses títulos. No coletivo, trazer esse título para o Corinthians, que faz nove anos que não conquista, seria muito especial. Ainda mais para mim que cheguei ano passado, poder disputar a Copa do Brasil ser campeão - afirmou o jogador. 

Em um ano e meio de Corinthians, Gabriel conquistou três títulos. Ano passado, foi Paulista e Brasileiro, e este ano foi titular em boa parte do bi do Estadual. Agora, está pronto para uma mais uma taça, e de caráter nacional.