Letícia Martins/EFFE Press B2b71689 cb2a 4688 8a93 764726145300 Walter em atividade pelo CSA

O atacante Walter do CSA está envolvido em mais uma polêmica na sua curta passagem pelo CSA. Dessa vez, o problema é ainda maior, já que foi flagrado no exame antidoping por uso de substância proibida num remédio para emagrecer.

A informação foi divulgada pelo repórter carioca Welington Campos, que acompanha o dia a dia da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e reforçada pelo radialista alagoano Emerson Junior, da Rádio Correio AM 1200.

De acordo com o repórter alagoano, o clube recebeu uma notificação preliminar e que nos próximos dias, será notificado oficialmente, posteriormente suspendendo o atleta provisoriamente, uma vez que o clube pode pedir a contra-prova. O remédio utilizado teria sido o conhecido "Sibutramina".

A assessoria de comunicação do clube do Mutange informou que o CSA não foi notificado e dessa forma, não haverá pronunciamento sobre o caso. Diante da informação divulgada, a suspensão só deve ser feita na próxima semana.

Contratado para a Série B, o atacante Walter pouco atuou pelo time azulino, uma vez que luta desde o início da sua passagem contra a balança. Além disso, fez a sua última partida no dia 20 de julho, quando o CSA empatou com o Fortaleza em Maceió, após machucar o joelho direito.

No processo de recuperação, se envolveu numa polêmica na qual ameaçou com uma arma de brinquedo, dois funcionários da concessionária de energia elétrica, que iriam suspender o fornecimento do seu apartamento. O atleta chegou a ser encaminhado para a Central de Flagrantes.

Se a diretoria já deve se preparar para atuar na defesa do atleta, o time está em Campinas, onde enfrenta nesta sábado o Guarani pela 28ª da Série B.