Ca213efa d98e 4655 abd6 bf777ba08644 Richarlyson foi convidado do programa 'Aqui Com Benja!' deste sábado - Reprodução

Campeão mundial e tri brasileiro em 'Era de Ouro' do São Paulo, o volante Richarlyson participou como convidado do programa 'Aqui Com Benja!' neste sábado. Durante os debates sobre temas variados, o jogador falou sobre a dificuldade do futebol evoluir com a não aceitação de novas ideias.

Segundo ele, as novas ideias de se entender o futebol não são aceitas por todos, e muitas pessoas se recusam a aceitar o novo. Richarlyson usou como exemplo a experiência de seu ex-companheiro Rogério Ceni na Inglaterra, durante sua formação como treinador.

Richarlyson também falou sobre o o boato sobre sua suposta homossexualidade: "Para quem tem entendimento, para quem tem a cabeça aberta, não vai prejudicar em nada. Mas quem não tem? Imagina minha mãe indo pra qualquer lugar e apontam: 'olha lá, a mãe do...'. Isso não é legal. Mesmo que eu seja, as pessoassão maldosas, pegam o lado negativo para depreciar as conquistas. Volto a falar que não é negativo, mas usaram de forma maldosa", desabafou.

"O futebol é preconceituoso com tudo. Toda mudança, que não seja o rotineiro, o convencional do futebol, se torna uma discussão, uma polêmica. Rogério Ceni, por exemplo, 'ah, esse cara foi para a Inglaterra, vai trazer o futebol da Inglaterra para o Fortaleza'. Por que não? 'Ah, ele foi, fez um período de estágio com um alemão'. O que que tem? Há quatro anos atrás, quem foi a campeã (do mundo)? A Alemanha. Alguma coisa os alemães tinham. Existem pessoas, que não vamos generalizar, que têm pouco conhecimento, mas acham que têm muito, e que acabam atrapalhando o futebol", pontuou o jogador.