Foto: Ascom-CRB B2c089d2 ddde 4956 be72 49af51b8a1c3 Marcos Barbosa irá acompanhar de perto o CRB

Um dia depois de sair vitorioso nas urnas e renovar seu mandato como deputado estadual, Marcos Barbosa retomou as atividades no CRB e com novidades. Nesta segunda-feira (08) o presidente afirmou que deixará o cargo em dezembro e reforçou a luta pela permanência na Série B, garantindo uma premiação de R$ 100 mil para os atletas em casa de vitória diante do Paysandu.

O dirigente já pensou em deixar o clube em outros momentos, mas parece que a decisão agora é definitiva. “Em dezembro acaba o meu mandato como presidente do CRB e não vou continuar. Estarei sempre presente, vou dar total apoio ao nome que será escolhido em consenso, mas não continuo”, afirmou.

Marcos Barbosa está presidente do CRB desde 2010 e desde então conquistou os títulos estaduais de 2012, 2013, 2015, 2016 e 2017, além de um vice-campeonato Brasileiro da Série C em 2015. Na sua gestão, o clube se desfez do Estádio da Pajuçara e adquiriu a sede administrativa no bairro de Jaraguá e um terreno na Barra de São Miguel, onde foi construído o centro de treinamento que leva o nome do presidente, sendo considerado um dos melhores do Brasil.

Reeleito como deputado, Barbosa vai aproveitar os próximos dias para ajudar o clube a se manter no Brasileiro da Série B. Já para a partida desta terça-feira diante do Paysandu em Belém, o grupo terá um grande incentivo.

“Estamos garantindo uma premiação de R4 100 mil para o grupo, em caso de vitória contra o Paysandu”, disse o presidente.

O CRB segue a sua missão para evitar o rebaixamento e enfrenta o Paysandu, nesta terça-feira, às 19h15 no Estádio da Curuzu. O time regatiano ocupa a 17ª colocação com 31 pontos ganhos, enquanto o Paysandi vem uma posição atrás, com a mesma pontuação.