2c1e684c 6238 456c 8a59 c1482fc0293b

Uma revelação bombástica mexeu com o mundo do futebol nesta terça-feira. O matador de aluguel do colombiano Pablo Escobar, John Jairo Velásquez, afirmou em entrevista ao jornal peruano 'El Popular' que o técnico da seleção peruana Ricardo Gareca estava na mira do narcotraficante.

Os cartéis de Cali e Medellín viviam em guerra e, no campo, havia grande rivalidade entre o Independiente Medellín, time de Escobar, e o América de Cali: "Escobar conhecia todos os jogadores do América de Cali, estávamos em guerra. Ele, inclusive, sequestrou jogadores do time para que entregassem os Rodriguez (Gilberto e Miguel, irmãos líderes do cartel de Cali). Como não entregaram, mataram a família de um atleta", afirmou.

Velásquez foi além e garantiu que se Pablo não fosse apaixonado por futebol, teria matado Gareca: "Chegaram a cogitar colocar uma bomba no carro dele e de outros jogadores do América de Cali, já que o Cartel de Cali colocou uma bomba no carro da família de Pablo", encerrou.

É bom lembrar que Ricardo Gareca se destacou muito no América de Cali na década de 1980, inclusive chegado a final da Libertadores e faturando o título colombiano.