Frederico Tadeu/Avaí 8daad370 c94e 440b 9c32 f643a1e96e87

Brigando com todas as forças para subir para a Série A e voltar a jogar a elite do futebol brasileiro, o Avaí conta com um jogador em especial que sabe que pode contar a qualquer momento. E, mais do que isso, em qualquer posição. Variando constantemente de função dentro de campo, Pedro Castro quer ‘suar sangue’ para fazer o Leão conquistar o acesso.

O ora volante ora meia sabe que seu início no Avaí não foi dos melhores. Pedro Castro teve que conviver com uma parte da torcida avaiana pegando em seu pé. Principalmente ano passado, quando o time azurra acabou rebaixado. Mas a batalha de cada dia e suas atuações recentes já fazem sua imagem bem melhor com aqueles que torcem pelo Leão. “Pra falar a verdade hoje a situação já é bem diferente. Sei que não eram todos, mas alguns pegavam no meu pé ano passado e logo quando eu voltei. Tive a oportunidade até de ir para outros clubes, mas não quis. Eu escolhi o Avaí para recolocar o clube na Série A. Agora acho que a grande maioria já consegue me olhar de outra forma. Estou dando a vida. E não importa a posição que eu vá jogar, eu vou suar sangue para conquistarmos o acesso. Esse grupo merece. O clube merece”, afirmou.

A identificação que vem aumentando com o Avaí se explica em números também. Pedro Castro já superou a marca dos 50 jogos pelo clube e tem um dos melhores aproveitamentos do grupo de atletas. Dos últimos 10 jogos que fez, só perdeu um. E no penúltimo jogo na Ressacada, foi titular, jogou os 90 minutos e fez o gol da vitória em cima do CRB, por 1×0. “Acho também que aquele jogo com o CRB me ajudou muito nessa relação com a torcida. Ali eles puderem realmente ver quem eu sou. Marquei demais, dei carrinho, participei bastante e ainda fiz o gol da vitória. Muita gente não sabe, mas antes do jogo todo o grupo me deu muita moral, falavam que era o meu jogo, que confiavam demais em mim e sabiam do meu potencial. Teve vários atletas que ainda falaram que a gente ia ganhar e com o gol meu. Felizmente aconteceu. É uma das provas que esse grupo é especial demais e trabalha demais independente de quem esteja jogando. É um grupo de guerreiros”, completou.

Titular na importante vitória do Avaí em cima do Guarani fora de casa, por 2×1, Pedro Castro agora foca suas atenções no Oeste. “Tenho certeza que vai ser mais um jogo complicado. É dos jogos que temos que ter muita paciência, o time deles é rápido e marca muito bem. A tendência é que fiquem um pouco mais recuados no início para buscar os contra-ataques. É ter calma e fazer nosso jogo. E contamos muito com o apoio do nosso torcedor. Sabemos que a torcida avaiana faz a diferença na Ressacada”, finalizou Pedro Castro, que soma 52 jogos com a camisa azul e branca.