Divulgação/Besiktas 89083498 e3bc 44a3 8e53 382213b6dc54

Depois da tentativa frustrada em contratar Vagner Love, do Beşiktaş (TUR) em agosto -os turcos não responderam em tempo e a janela fechou - o Santos tentará nova investida no atacante em 2019. Com a aprovação de Cuca e o provável retorno de Gabigol à Inter de Milão, a diretoria planeja a contratação do atleta de 34 anos. 

Antes da chegada de Cuca, Love já era uma unanimidade no clube. Porém, o curto prazo para fechar a negociação e o fuso horário da Turquia de seis horas de diferença para o Brasil atrapalhou a concretização do acordo. No último dia de janela o Santos não obteve resposta dos turcos e o negócio melou.

Com vínculo com o Bekisitas até junho de 2020, Love poderá assinar um pré-contrato a partir de janeiro. Na temporada passada ele disputou 29 jogos e marcou 15 gols.

- É interesse do Cuca (Vagner Love). Ele era um 9 que eu queria quando chegou. Tínhamos um prazo, ficamos até 0h e não dá pra negociar com turco. Tem que pisar com ovos. Problema do Love foi fazermos negociação rápida, Cuca ligou, e estava livre. Clube queria se desfazer. Só que o "filho da mãe" começou a jogar e fazer gol. Complica um pouco (o destaque), mas ninguém perde o desejo de se livrar - disse o presidente José Carlos Peres após a reunião do Conselho Deliberativo na última terça.

De olho em Love, com contrato até junho de 2019, o Peixe traça um plano para não deixar a situação esfriar. Como Gabigol é dúvida para a próxima temporada, restaria Yuri Alberto de centroavante de origem, porém, ele não vingou com Cuca no comando.