Miguel Locatelli/Atlético Paranaense B4ba3eca a6b8 4c5a 96ad 5a66133352e2

De equipe na zona de rebaixamento para uma postulante por vaga na Libertadores 2019. A situação do Atlético Paranaense mudou da água para o vinho nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. O Furacão ocupa o oitavo lugar com 39 pontos, sete a menos que o Atlético Mineiro, time que fecha o G-6.

Quem vem tendo papel fundamental na reação do rubro-negro paranaense na Série A é o atacante Pablo. Ele já marcou 11 gols na competição e é o vice-artilheiro ao lado de Ricardo Oliveira, do Atlético Mineiro. No total, o camisa 92 atleticano já balançou as redes 30 vezes com a camisa do Furacão. “Estou feliz pelo momento e pelos gols. É uma honra para mim chegar a marca de 30 gols pelo Atlético Paranaense. Fico muito feliz quando tenho a oportunidade de vestir essa camisa e marcar um gol. Estou tendo um ano abençoado e com essa possibilidade de brigar pela artilharia, mas sinceramente não é algo que fico pensando. Quero sim continuar marcando gols, mas com o objetivo principal de ajudar o Atlético Paranaense a seguir nessa maré de resultados positivos”, declarou o jogador de 26 anos.

Nos últimos jogos, o Atlético Paranaense vem fazendo história. O clube atingiu, por exemplo, a incrível marca de 11 vitórias consecutivas como mandante. “Estamos cada vez mais fazendo a nossa Arena um caldeirão. É um estádio que nos sentimos bem e eu particularmente fico muito contente de estar podendo fazer história dentro da Arena. Espero que consigamos manter esse nível de atuações, pois começamos a almejar coisas maiores na competição e temos condições sim de brigar lá em cima da tabela”, opinou Pablo.

Além do Atlético Paranaense, Pablo também quer fazer história. Se vencer o São Paulo no próximo sábado, às 19h, no estádio do Morumbi, o atacante chegará a marca de seis vitórias consecutivas, algo que não aconteceu na trajetória dele pelo CAP. Pelo Furacão, o atacante costuma ir bem contra o tricolor paulista. Pablo já marcou dois gols e deu uma assistência.

Mesmo com vários pontos favoráveis, Pablo, que volta ao time após cumprir suspensão diante do Sport, demonstra enorme respeito ao São Paulo. “Por mais que eles não atravessem um bom momento, nós precisamos entrar muito ligados e trabalhar bem essa semana, fazendo tudo o que o professor Tiago nos pede para buscarmos essa vitória como visitante. É sempre muito complicado enfrentar o São Paulo no Morumbi”, concluiu.