Miguel Costa Jr/MS2 D1348d1a dd6c 4c20 88ea 617b03aa8568

Dono da décima sétima posição do grid de largada da antepenúltima etapa da Stock Car, Diego Nunes conseguiu  somar mais pontos para o campeonato e cravou a melhor volta da segunda prova deste domingo em Londrina, palco da décima etapa da temporada 2018.

O piloto paulista da equipe Full Time Bassani ultrapassou sete carros na primeira prova, finalizando em nono lugar, somou pontos e com o grid invertido na segunda, saiu da primeira fila, na segunda colocação. ”Conseguimos recuperar bem na primeira corrida, o carro estava bom, mas os pneus acabaram muito rápido na segunda prova, na terceira ou quarta volta eu já não tinha mais pneu traseiro, estava no limite, somente depois do pitstop eu comecei a ser competitivo de novo, mudamos a estratégia, e eu fiz a volta mais rápida da corrida, talvez se a gente estivesse preservando mais os pneus traseiros, na corrida dois eu conseguiria me manter lá na frente”, explicou o piloto do carro #70 que tem o apoio da Harald Chocolates, Sicoob, Ceratti e Vigor.

A volta mais rápida da segunda prova foi com o tempo de 1min11s665, mas infelizmente o piloto não conseguiu segurar a segunda posição devido ao grande desgaste. “Foi uma pena os pneus, não estava nem conseguindo ficar na pista, muito detalhe, muito competitivo, uma hora encaixa tudo e conseguimos subir no pódio, tem que melhorar e trabalhar bastante”, disse ainda confiante.

A próxima etapa da Stock Car acontecerá em Goiânia no dia 4 de novembro.