Cesar Greco/Palmeiras 134e11f8 ce3d 4141 a966 d7c998fdc148

O técnico do Palmeiras Luiz Felipe Scolari não gostou nem um pouco do vazamento das escalações do Verdão nos confrontos contra o Boca Juniors, pela semifinal da Copa Libertadores. A situação fez com que o diretor de futebol da equipe paulista procurasse um repórter da Rede Globo para esclarecer o caso. Na última rodada do Brasileirão, o técnico gerou polêmica a mandar um repórter da emissora 'ao inferno'.

Na ocasião, o jornalista André Hernan noticiou a entrada dos zagueiros Gustavo Goméz e Luan na partida de ida, na Argentina, e toda a escalação do Palmeiras no jogo de volta, no Allianz Parque. As informações são do site UOL.

Após notar a irritação do técnico, Alexandre Mattos procurou o repórter da Globo. O diretor de futebol do time disse que tudo já foi resolvido internamente e não comentou o assunto. A assessoria de Felipão disse desconhecer o assunto e a emissora defendeu o seu repórter.

"O André Hernan apenas noticiou informações oriundas de sua apuração para a cobertura da Libertadores. Estava fazendo seu trabalho de repórter", afirmou a Comunicação da Globo.

Não é a primeira fez que Felipão passa por um desentendimento com a emissora. Em 2012 foram vazadas informações internas não muito agradáveis. Na época, o Palmeiras brigava para não cair para a Série B, o que acabou acontecendo no final do ano. Era a segunda passagem do treinador pelo clube.

O 'dedo-duro' nunca foi encontrado, mas a investigação passou por todo o departamento de futebol. Tanto jogadores quanto diretoria se eximiram de culpa pelas informações publicadas, que iam de brigas em treinos até um meia-atacante chegando bêbado.