Foto: Douglas Araújo/Ascom-CRB 54c219e0 aa4b 4e51 a2e5 e083088fac24 Rafael Costa em partida pelo CRB

Nos últimos quatro jogos, um empate e três vitórias. Sequência que ajudou no que antes era improvável: tirar o CRB da zona de rebaixamento e dependendo apenas das próprias forças na última rodada para se manter na série B. Para isso, o time alagoano terá pela frente o Figueirense, adversário que um jogador em especial conhece bem.

Trata-se de Rafael Costa. O homem de frente do CRB teve passagem marcante pela equipe catarinense. Lá, ele fez 35 jogos, marcou 15 gols e foi um dos grandes destaques no acesso do Figueirense à Série A, em 2013. Por isso ele conhece bem o adversário do próximo sábado. “Tive uma passagem muito boa por lá. Até hoje os torcedores mandam mensagem, demonstram carinho e pedem pra eu voltar. Sei que eles são fortes Temos que ter cuidado e atenção durante o jogo todo. Temos que vencer e estamos pensando na vitória”, afirmou.

Rafael Costa, aliás, tem até gol marcado contra o Figueirense. Foi atuando pelo Avaí, em 2010. E ele espera ser coroado novamente. “Como eu falei com certeza não vamos ter facilidade alguma. Muito pelo contrário. É jogo complicado, difícil, como foram nossos últimos. Lembro desse gol, foi no clássico e terminou empatado em 1×1. Respeito muito o Figueirense, mas vou querer ajudar, e se for marcando um gol pelo CRB e na nossa casa melhor ainda”, completou.

Para o atacante do CRB, o time tem que ter exatamente a mesma postura das últimas rodadas. Rafael Costa pede o time ligado. “O Figueirense tem vários jogadores rodados, experientes e que já defenderam clubes grandes. Não vai ser fácil. Temos que estar atentos. Pra gente é como se fosse uma final, então temos que ser um time ligado como fomos nessas últimas partidas. Vamos trabalhar bem durante a semana para mantermos o CRB na Série B depois desse ano tão difícil. Estamos muito focados nisso”, finalizou o atacante.

O compromisso entre CRB e Figueirense está confirmado para sábado, às 17h, no Rei Pelé, em Maceió.