24e18894 d86b 430b afdb 83d5b638bc0e

Já se foi o tempo em que vestir calça de ioga e tênis esportivos em qualquer lugar fora da academia era uma atitude desaprovada. Hoje em dia, as celebridades da web exibem seu estilo de vida saudável ostentando tênis de alguma edição limitada combinados com roupas esportivas de alto desempenho e equipamentos de tecnologia inteligente. É evidente que a tendência do athleisure chegou para ficar.

O termo athleisure, incluído no Dicionário Merriam-Webster de 2016, refere-se a roupas projetadas para serem usadas tanto em exercícios físicos quanto na vida de uma forma geral. Roupas que não servem somente a academias de ginástica e que podem ser usadas no trabalho ou em eventos sociais.

Foto: CC BY 2.0

A categoria athleisure apresentou um crescimento promissor nos últimos anos. Para se ter uma ideia, o mercado de vestuário nos EUA representa vendas anuais de 97 bilhões de dólares. Estima-se que a indústria poderia ter mais de 30% de crescimento nas vendas até 2020 no mercado dos EUA, enquanto a Europa poderia esperar um crescimento médio anual de 5% nas vendas para os próximos cinco anos.

Muitos atribuem a popularidade do athleisure à mudança no estilo de vida das pessoas, com um foco cada vez maior em saúde e bem-estar. É uma mudança que percebemos em nossas vidas diárias. As convenções sociais sobre roupas estão caindo pouco a pouco e as pessoas hoje querem ser flexíveis para enfrentar tudo o que um dia traz. Some a isso o fato de que as celebridades estão sempre ostentando em férias luxuosas e repletas de atividades, o que aumenta a demanda por roupas esportivas de alto desempenho.

Não demoraria muito para que as grandes grifes de moda embarcassem no movimento. Marcas como Dior, Louis Vuitton e Chanel estão produzindo tênis de alta-costura, enquanto Fendi, Hermès e Chloé estão lançando coleções especialmente projetadas para esqui e crossfit. 

Foto: by Unknown (Author), CC Public Domain

Os últimos anos também viram o foco no sportswear destacar a tecnologia de ponta e integrá-la com estilo e estética, com as marcas adotando a tendência como uma vantagem inovadora. Por isso, pesquisa e desenvolvimento são extremamente importantes nesse mercado. É o caso da Athletic Propulsion Labs (APL), conhecida por seus tênis de basquete de alta performance banidos pela NBA, que aumentam drasticamente o salto vertical dos jogadores. O mesmo ocorreu com as tights, uma espécie de legging que ajudava a relaxar os músculos da perna e foi popularizada pelo imortal Kobe Bryant.

E engana-se quem pensa que a moda atinge apenas esportes como o basquete. O poker, por exemplo, também tem uma forte relação com a moda. Enquanto alguns atletas optam por um estilo mais athleisure, com casacos de moletom, capuzes cobrindo a cabeça, óculos escuros e fones de ouvido, outros ousam com correntes brilhantes, anéis de diamantes e braceletes dourados. Mas a grande tendência do momento são os ternos muito bem alinhados, garantindo elegância (e, por que não, respeito?) ao jogador.

Inovações à parte, as marcas de luxo também estão investindo em tecnologia vestível. A DYNE, por exemplo, incorporou a Near Field Communication em suas roupas para permitir que os usuários permanecessem conectados em qualquer lugar. Uma maneira de adaptar a tecnologia existente e integrá-la a um novo meio que se encaixe no estilo de vida das pessoas.

O athleisure também influenciou coleções de alta costura nas últimas temporadas. Em 2016, vimos essa tendência passar por Alexander Wang, Stella McCartney, Emilio Pucci e Balenciaga. De acordo com os especialistas, essa tendência tornou a moda mais ativa e funcional, além de liberal. Por outro lado, os criadores também vêm se esforçando para encontrar o equilíbrio perfeito entre performance e estética.

Foto: by Unknown (Author), CC BY 2.0

Gigantes tradicionais do setor esportivo, como a Nike e a Adidas, continuam a elevar os elementos de estilo por meio de colaborações com designers consagrados. A Adidas, por exemplo, fechou colaborações com Stella McCartney e Yohji Yamamoto em coleções permanentes. Ainda podemos destacar a Sacai for Nike e Kolor para as coleções da Adidas. 

O fato é que clientes cada vez mais sofisticados estão se voltando para as marcas de nicho, em vez das tradicionais marcas de roupas esportivas. São clientes que preferem investir em produtos atemporais e de alta qualidade, optando por peças não usadas por todos. E assim, à medida que o mundo se torna mais conectado e a mídia social tem um impacto cada vez mais forte na vida das pessoas, o movimento do athleisure ganha os corpos (e corações) dos clientes.