Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Semelj), realizou nessa quarta-feira (12), as atividades esportivas e recreativas, que acontecem semanalmente na Vila Olímpica Lauthenay Perdigão, localizada na Avenida Alice Karoline, no bairro Cidade Universitária.

A ação atraiu cerca de 100 pessoas da parte alta da cidade, que participaram de diversas modalidades a exemplo de funcional, dança, voleibol, ginástica aeróbica, pilates, entre outras. Após as atividades, a Semelj distribuiu lanches para todos os participantes.

De acordo com o professor de educação física da Semelj, Felipe Mendes, as atividades realizadas de segunda a sexta-feira, pelo órgão municipal, são de grande importância para a população. “As atividades fazem com que essas pessoas saiam da ociosidade e comecem a trabalhar o corpo e a mente, melhorando a saúde. Além de ser um momento de atividades físicas, é também um momento de inclusão social e descontração”, destacou.

Maria Cristina, de 38 anos de idade, falou sobre o momento proporcionado pela Prefeitura de Maceió. “Todas as segundas, quartas e sextas-feiras estou presente na Vila Olímpica, praticando as minhas atividades preferidas, graças a equipe da Semelj que nos concede essas oportunidades”, disse.

As pessoas que diariamente participam da ação não demoram para perceber os benefícios. A dona de casa Rosângela Ferreira é uma delas. Ela fala que a vida mudou bastante depois que começou a fazer os exercícios aplicados pela equipe de educação física da Semelj. “Eu sentia muitas dores nos ossos e agora com a prática das atividades eu estou me sentindo muito bem”, revelou a senhora de 60 anos.

Mayara Regina, por sua vez, já participa há dois anos das atividades na Vila Olímpica Lauthenay Perdigão. Ela falou das vantagens de participar da ação realizada pela Semelj. “No momento eu não tenho condições de pagar academia, então aqui eu posso cuidar muito bem do meu corpo e da minha mente, é um local que a gente esquece todos os problemas”, relatou a mulher de 28 anos de idade