Foto: Douglas Araújo/Ascom-CRB 14498732835015 Erasmo Damiani, executivo de futebol do CRB

Depois de anunciar 18 reforços para a temporada, o CRB quer mais. A diretoria regatiana intensificou os contatos e quer anunciar um quarteto de peso, com direito ao meia Renato Cajá e os atacantes Mailson, André Lima e Léo Gamalho, pensando inclusive na Série B.

Tradicionalmente os clubes alagoanos que disputam as competições nacionais, deixam os maiores investimentos em contratações para o segundo semestre. Porém, de acordo com a idéia do executivo de futebol, Erasmo Damiani, o time deve se reforçar desde já.

“Trabalhamos sabendo a realidade financeira do grupo e a grande maioria das contratações foi baseada nisso. Mas, se é possível fazer um esforço para dar uma maior experiência e qualidade ao grupo, pensando não apenas no primeiro, mas no segundo semestre com a Série B, devemos fazer”, afirmou.

Dessa forma, o time regatiano tem conversas avançadas com quatro jogadores. Sem clube após a sua saída do Goiás, o meia Renato Cajá, que já passou por grandes clubes brasileiros, já tem proposta nas mãos e deve responder nesta semana.

Outro com proposta, mas ainda sem posicionamento é o atacante Léo Gamalho. O jogador do Pohang Steelers da Coréia do Sul já vem conversando com dirigentes regatianos há semanas, mas o negócio tem travado na questão salarial.

O setor ofensivo é o principal foco do CRB neste início de temporada. Outros nomes que interessam, parecem mais perto. Mailson atuou pelo CRB em 2017 e atualmente está no Al Arabi do Catar, tem caminho aberto para fechar com o clube alagoano após a liberação da sua atual equipe.

O mais experiente de todos, o atacante André Lima, também está perto de vir defender o time vermelho e branco. A proposta agrada ao jogador de 33 anos que disputou a Série A em 2018 pelo Vitória e terminou rebaixado.