Julio Caesar/O POVO Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Com a pré-temporada já rolando, o Fortaleza já prepara o elenco disponível para o ano futebolístico que se aproxima. Com o clube no mercado buscando jogadores, um setor que houve bastante movimentação já está fechado: o ataque. Depois de quatro reforços, o diretor de futebol do Tricolor, Daniel de Paula Pessoa, garante que não deve vim outro atacante neste meio de ano, a não ser que apareça uma oportunidade muito boa. 

"Não vamos trazer mais nenhum atacante, a não ser que tenha alguma situação de mercado muito boa", disse Daniel, garantindo que Matheus Alessandro foi a última por enquanto. O ponta do Fluminense, inclusive, chega em Fortaleza nesta quarta-feira, 9, para iniciar o processo de chegada ao clube. Além dele, Ederson, Pedro Júnior, Junior Santos, Edinho, Romarinho e Bruno Mota compõem a zona ofensiva. 

Se no ataque o problema pode estar resolvido, em outros setores não estão. O Leão está no mercado buscando zagueiros, meias e volantes. No meio de campo, Dodô é um que pode chegar ainda nesta semana, mas Atlético-MG prende o atleta. Na zaga, Rogério Ceni só conta hoje com dois atletas (Roger Carvalho e Patrick) e improvisa volantes na posição nos treinamentos. 

"(A preocupação) Não é só deles (torcedores), mas da gente também. Porém, precisamos minimizar os erros e estamos buscando no mercado um nome para que não tenhamos um problema de reposição, de busca de outra peça durante o Campeonato. Acreditamos que esta semana poderemos anunciar esse nome, mas o torcedor pode ficar tranquilo que ainda virão zagueiros, volantes e meias para o Fortaleza", tenta amenizar, o dirigente.