Fernando Dantas - Gazeta Press 1328277424canapi 1

O São Paulo entrou em acordo nesta terça-feira com o Crystal Palace, da Inglaterra, pelo empréstimo de Lucas Perri. Falta ao goleiro de 21 anos apenas a realização dos exames médicos para que ele defenda a equipe de Londres por cinco meses, ou seja, até o fim da atual temporada europeia. Nesta quarta, ele deve ser ausência na reapresentação do elenco no CCT da Barra Funda, onde haverá treino em dois períodos.

Sem oportunidades no time profissional, embora seja considerado um goleiro extremamente promissor e que contou com o apoio da torcida no fim do ano passado para assumir a titularidade, Lucas Perri poderá ser comprado ao fim do vínculo com o Crystal Palace. Segundo o staff do atleta, o preço fixado é de sete milhões de euros, o equivalente a R$ 29,6 milhões, por 80% de seus diretos econômicos. Os outros 20% seguirão com o São Paulo.

Recentemente, a Fiorentina foi outro clube a sondar Lucas Perri. O jogador tem passaporte italiano, fator que facilita sua transferência para o futebol europeu. O Crystal Palace, no entanto, foi quem apresentou melhores condições para a diretoria são-paulina aceitar fazer negócio.

O contrato de Perri com o São Paulo foi renovado no ano passado e passou a ser válido até 2022. Ciente da capacidade do goleiro revelado nas categorias de base e multicampeão com André Jardine, a diretoria manterá ainda uma porcentagem dos direitos econômicos do atleta em caso de uma compra definitiva por parte do Crystal Palace, já visando uma venda futura do goleiro para um clube ainda maior na Europa.

Com a saída de Lucas Perri, Júnior será promovido a terceiro goleiro do São Paulo. Tiago Volpi e Jean são as outras duas opções do técnico André Jardine e irão concorrer pela titularidade durante a temporada.