Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Em Alagoas, um jogador em especial sabe muito bem o dia a dia das categorias de base do Flamengo. O meia Matheus Sávio, que está emprestado pelo clube carioca ao CSA, lamentou a tragédia, pediu orações para as famílias e força aos atletas que sobreviveram.

"Tão difícil falar nesse momento, porque nem imaginamos a dor que esses familiares estão sentindo agora. Acho que eles merecem todo apoio e orações nesse momento", afirmou o jogador, que conhece bem a realidade do clube.

"Eu cheguei no clube com 16 anos. Passei pouco tempo no alojamento, acredito que três meses e depois fui para um apartamento. Mas sei que o clube faz de tudo pelos atletas. Foi uma tragédia, um acidente", comentou.

Sobre os atletas que sobreviveram e os demais, Matheus pediu forças para seguir na carreira.

"Eu saí de casa muito cedo para ser jogador de futebol. Já vivi em alojamento, tudo para conseguir o que a gente almeja. Então, peço muita força para esses atletas que terão a oportunidade de continuar e que busquem realizar os seus sonhos. Agora ainda mais", concluiu.