: Ben Stansall/AFP 24019d48 b89e 412b a929 0b9edd9ca273

Bicampeão mundial e medalha de prata nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, Diego Hypólito usou as redes sociais para fazer um novo desabafo. Demitido da equipe de São Bernardo do Campo e sem patrocínio desde então, o ginasta de 32 anos publicou em seu Instagram uma foto com sua irmã, em que se diz sem forças para continuar.

- Vocês podem imaginar quantas barreiras precisamos quebrar para chegar a ter os resultados que conquistamos?! Infelizmente vivemos em um país que não valoriza uma vida de dedicação! Patrocínio??? Pior que a falta de incentivo financeiro é a falta de respeito! Ser atleta no Brasil é ser mais que herói - publicou Diego.

Em janeiro, Diego recorreu às redes sociais oficiais do presidente Jair Bolsonaro pedindo apoio. Nos últimos dias de seu mandato, o ex-presidente Michel Temer cortou um terço do investimento no esporte, e metade dos beneficiados perdeu o Bolsa Atleta. Já com Bolsonaro, o Ministério do Esporte foi extinto.

- Não se trata aqui apenas de incentivo financeiro, mas de amor pelo que se faz e de quem sempre carregou os valores do esporte. Respeitar o próximo, torcer por todos, lutar e vencer sem precisar passar por cima de ninguém, afinal de contas o sol brilha pra todos! Minha vontade de vencer é enorme! Mas de onde tirar forças? - questionou o ginasta.