Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Uma cena inusitada já virou tradição no município de Itaperuna, noroeste do estado do Rio de Janeiro. Há seis anos é possível ver padres e freiras, trajados a caráter, com hábitos e batinas, participando da corrida de São José. A prova de rua, que vai para sua sétima edição em 2019, acontece sempre em 19 de março, dia de São José do Avahy, santo padroeiro da cidade. Uma categoria especial é reservada aos religiosos do catolicismo. 

Em 2018, entre os 800 inscritos, estiveram 50 padres e freiras, que competiram no percurso de 5km.  No início de 2019 o Vaticano anunciou a formação de uma equipe oficial de atletismo formada por membros religiosos

Idealizador da Corrida de São José e responsável por abrir a categoria especial para padres e freiras, o professor Godoi explica de onde veio a inspiração.

– Ouvi, uma vez, a fala do Papa João Paulo, que os religiosos devem sair das igrejas e evangelizar lá fora, com ações, com exemplos. Cheguei para o Bispo em Itaperuna e apresentei essa ideia de uma categoria especial para padres e freiras. Ele topou e estamos tocando isso até hoje - explica o professor.  

O entusiasmo do público com os atletas especiais é um dos diferenciais da prova.

– Sempre é algo muito legal. A curiosidade das pessoas que acompanham a prova é ver padres e freiras chegando. Temos sistema de classificação masculino, feminino, com atletas locais e para padres e freiras – conta Godoi.

Freira-atleta é destaque da região

Uma das freiras participantes da Corrida de São José é a Irmã Liliane Mendonça, de 36 anos. Ela se dedica à vida religiosa há 11 e faz parte do Instituto Missionário Servas de Jesus Salvador. Correndo desde 2011, ela já participou também do Desafio Raposo, tradicional prova de montanha da região, e até da famosa Corrida de São Silvestre, em São Paulo.

–Quando pratico atividade física, consigo inclusive rezar melhor. Enquanto corro, eu relaxo, medito, rezo e entro em comunhão com Deus. A categoria para padres e freiras é um incentivo para nós e o povo de Deus também acha interessante. Vejo um olhar diferente no sentido de incentivo - disse Irmã Liliane, que não vê qualquer problema em correr vestida com o hábito.

– Algumas pessoas me questionam sobre minha vestimenta ao fazer exercícios. O hábito não me atrapalha em nada. Pelo contrário,  se eu precisasse tirar o hábito para correr, eu renunciaria a esse tipo de exercício – completa.

As inscrições para a sétima Corrida de São José estão abertas e podem ser feitas através do site: www.corridadesaojose.com