Gilvan de Souza / Flamengo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A diretoria do Flamengo e o zagueiro Juan iniciaram as conversas para a realização de um jogo de despedida do veterano de 40 anos. Depois de ficar seis meses sem atuar por conta de uma grave lesão, o defensor já treina normalmente com o restante do elenco, e dá sinais de que está pronto para entrar em campo pela última vez.

A questão agora é saber quando e contra quem Juan fará sua despedida. O jogador prefere que seja em um amistoso, já que está longe da melhor forma e não quer prejudicar o Flamengo. O clube, por sua vez, também vê com bons olhos a possibilidade de uma partida mais festiva.

Ainda havia a possibilidade de Juan voltar a atuar em alguma das partidas de menor rivalidade no Estadual, contra Volta Redonda ou Madureira. No entanto, o jogo teria pouco apelo para fazer a homenagem.

Juan tem contrato até o fim de abril. Caso não se encontre uma data para a despedida durante a disputa do Estadual, ainda resta a primeira semana do Brasileiro. Na Libertadores, o zagueiro não foi inscrito.

No jogo contra o Vasco, a comissão técnica decidiu não relacionar o veterano para não o expor em uma partida de alta tensão e rivalidade. A ordem agora é preservar o patrimônio do clube e homenageá-lo da melhor maneira, de acordo com o seu desejo.

Ainda não está descartada a integração de Juan como funcionário do futebol do Flamengo, mas o tema ficou parado com a troca de diretorias após a eleição. O zagueiro seria uma espécie de coordenador técnico.