8869d609 13e1 42dc b16e 5c650ca2307b

A testemunha responsável pelo indiciamento do jogador de futebol Everton Heleno, preso no dia 06 de agosto de 2018 por roubos de celular, no município de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR), voltou atrás no depoimento e alegou que errou ao acusar o atleta. 

Durante o testemunho, a mulher disse que confundiu Everton Heleno durante a identificação, quando quatro homens foram apresentados a ela. Segundo a testemunha, o equívoco aconteceu porque “ele era o único moreno de barba, na hora que a polícia colocou para fazer o reconhecimento” alegou. De acordo com ela, o reconhecimento do novo suspeito se deu após a verificação de uma conta na rede social. "Eu queria mudar meu depoimento porque eu julguei uma pessoa que não era ele (...) Eu errei porque eu acusei ele", contou a mulher.