A Copa Libertadores finaliza sua segunda rodada da fase grupos, e já conseguimos enxergar muitas confirmações, muitas surpresas e muitas decepções dentro da competição. E entre os brasileiros, quem se saiu bem ao fim de um terço da fase de grupos? Vejamos como cada brasileiro lançou sua temporada internacional e imaginemos o futuro imediato que podemos projetar para cada um. Aliás, em sites de conselhos e dicas de apostas desportivas como a SportyTrader, podemos conferir as melhores promoções para nossas apostas, tanto na Libertadores como em qualquer outra competição.

Internacional

No grupo que tem o atual campeão da Libertadores, o River Plate, quem manda até ao momento é o Internacional. A equipe gaúcha venceu as duas partidas, 1 a 0 sobre o Palestino fora, e 2 a 0 sobre o Alianza Lima em casa. Se não bastasse ser o líder do grupo, o Inter é a única equipe que venceu no mesmo, pois o River Plate, segundo colocado, tem dois pontos adquiridos com dois empates. O destaque da equipe nesse início é o atacante Nico Lopez, autor de dois gols. A tendência é que a equipe gaúcha confirme com antecedência sua classificação para a próxima fase, duelando pelo primeiro lugar com o River Plate.

Cruzeiro

Assim como o Inter no Grupo 1, o Cruzeiro sobra no Grupo 2. A equipe mineira venceu suas duas primeiras partidas, 1 a 0 sobre o Huracán fora de casa, e 2 a 0 sobre o Deportivo Lara em casa. A equipe está na liderança com 4 pontos de vantagem para o segundo colocado, o Emelec, que soma apenas 2 pontos. A equipe treinada por Mano Menezes tem como destaque o meia Rodriguinho, autor de 2 dos 3 gols do time até o momento. A perspectiva é que o Cruzeiro confirme a primeira colocação, já que é nítida a diferença de nível para os seus três adversários do grupo.

Flamengo

O Flamengo, que investiu alto em contratações, vem confirmando seu favoritismo dentro do Grupo 4. O time carioca venceu suas duas primeiras, 1 a 0 sobre o San José fora de casa, e 3 a 1 sobre a LDU em casa. A equipe está na liderança do grupo, com 6 pontos ganhos, ficando a frente do Peñarol que possui 3 pontos e será seu adversário na próxima partida. O principal destaque da equipe fica para o atacante Gabriel, autor de 2 gols na competição. As duas próximas rodadas devem confirmar a classificação do rubro-negro, já que ambas são em sua casa.

Atlético Mineiro

O Atlético Mineiro é sem dúvida a grande decepção entre os brasileiros, pois é simplesmente a lanterna do Grupo 5. A equipe mineira perdeu seus dois primeiros jogos, 1 a 0 para o Cerro Porteño em casa, e 1 a 0 para o Nacional fora de casa. Se não bastasse não pontuar, o Galo viu os pontos serem concentrados em cima de Cerro Porteño e Nacional, que lideram o grupo com 6 pontos cada, ou seja, o Atlético Mineiro só conseguirá ultrapassa-los em várias rodadas. Apesar do péssimo momento na competição, o destaque da equipe segue sendo o veterano atacante Ricardo Oliveira, autor de 4 gols no torneio. A perspectiva é de uma recuperação, já que a equipe enfrentará a modesta equipe do Zamora na próxima rodada.

Palmeiras

O Palmeiras é mais uma das equipes brasileiras a confirmar seu favoritismo dentro de seu grupo. O time paulista venceu seus dois primeiros jogos, 2 a 0 sobre o Junior Barraquilha fora de casa, e 3 a 0 sobre o Melgar em casa. O Verdão lidera o grupo com 6 pontos, tendo o San Lorenzo na sua cola com 4 pontos, enquanto que Junior Barraquilha e Melgar estão mais para trás. O destaque da equipe nesse início fica para a habilidade do meia atacante Ricardo Goulart, principal contratação do ano. A tendência é que o Palmeiras mantenha os bons resultados, e confirme a primeira colocação do grupo.

Athletico Paranaense

O Athletico Paranaense está num grupo muito equilibrado, e apesar do tropeço na estreia, a equipe conseguiu se recuperar no jogo seguinte. O Furacão estreou perdendo por 1 a 0 para o Tolima fora de casa por 1 a 0, e posteriormente vencendo o Jorge Wilstermann em casa por 4 a 0, se colocando no segundo lugar, atrás do Boca Juniors, adversário da próxima rodada. O destaque da equipe fica para o faro de gol do argentino Marcos Ruben, autor de 1 gol na goleada sobre o Jorge Wilstermann. A equipe paranaense deve brigar com o Tolima por uma das vagas para a próxima fase, já que a tendência é que o Boca Juniors fique com uma delas.

Grêmio

O Grêmio vem decepcionando nesse início de competição, sendo a lanterna do Grupo 8. A equipe gaúcha ainda não venceu no torneio, estreando com um empate em 1 a 1 fora de casa com o Rosário Central, e posteriormente sendo derrotado por 1 a 0 pelo Libertad em plena Arena Grêmio. O grupo é considerado muito equilibrado, onde todas as quatro equipe possuem potencial para avançar de fase. A equipe comandada por Renato Portalluppi tem no atacante Everton a grande esperança de reação na competição.