Foto: Gustavo Henrique Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true CT Gustavo Paiva no Mutange

Mesmo sabendo do nível de dificuldade da Série A, o torcedor azulino não imaginava a pressão que o clube iria sofrer após o primeiro jogo, com goleada sofrida para o Ceará. Nesta terça-feira (30) durante a reapresentação geral no Centro de Treinamento Gustavo Paiva no Mutange, com direito a reunião geral entre diretoria, comissão técnica e atletas.

A semana começou com informações de que o técnico Marcelo Cabo teria entregado o cargo, o que não se confirmou. A diretoria que chegou a bancar o treinador até o final do ano, garantiu o treinador contra o Palmeiras neste meio de semana.

Apesar de não se pronunciar sobre o caso, a diretoria deve reavaliar a situação da comissão técnica, em caso de novo revés, dessa vez jogando em casa. E não será apenas a situação do treinador que será analisada, mas também de atletas.

Foto: Ascom-CSA

 

O CSA vem passando por uma reformulação, tímida, mas que deverá ser intensificada nos próximos dias. A derrota expôs a fragilidade do elenco marujo e agora a diretoria terá de agir rápido para colocar em campo os atletas que ainda não estrearam, casos do zagueiro Lucas Dias e do meia Maidana.

Até o final da semana o CSA deve anunciar mais dois reforços, que podem ser o lateral Maranhão, do Fluminense e o meia Luiz Antônio, ex-Flamengo e que atuou pela Chapecoense no ano passado.

O time marujo volta à campo nesta quarta-feira, às 16h00, diante do Palmeiras no Estádio Rei Pelé, pela segunda rodada da Série A.