Fotos: Douglas Araújo e Gustavo Henrique Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Não foi nada fácil, mas o CRB garantiu a vaga na Copa do Nordeste em 2020. Na noite desta terça-feira (14), o “Galo” recebeu o Juazeirense no Estádio Rei Pelé, sofreu mais sustos do que imaginava, mas venceu por 2 a 1.

Agora o time regatiano volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro da Série B. Na próxima segunda-feira, novamente jogando em casa, enfrenta o Coritiba na segunda-feira pela competição nacional.

O JOGO - 1º TEMPO

Quando a bola rolou no segundo tempo, os poucos torcedores que foram ao Estádio Rei Pelé viram um início de partida lento, sem domínio de nenhuma das equipes. O CRB tocava mais a bola, mas não atacava o Juazeirense que esperava os espaços para contra-golpear.

A primeira chance de perigo só aconteceu depois dos 10 minutos de jogo. Boa jogada de William Barbio que deixou dois defensores para trás e deixou para o lateral Junior, que bateu forte e acertou a trave.

A partida seguiu sem grandes oportunidades, até que numa jogada que parecia resolvida, acabou resultando em pênalti. Ferrugem bateu forte, o goleiro Gleibson “bateu roupa” e quando tentou recuperar a bola, tocou no atacante Victor Rangel e o árbitro marcou a penalidade.

A marcação gerou polêmica, já que dentro e fora de campo, atletas e comissão técnica do Juazeirense reclamaram da decisão. Na cobrança, Victor Rangel bateu bem, deslocou o goleiro e mandou para as redes, aos 27 minutos.

Depois do gol o CRB pareceu se acomodar e deu espaço para o time adversário. Por duas vezes  o Juazeirense assustou. Clébson duas vezes e Emílio chegaram perto e fizeram o goleiro Edson Mardden trabalhar.

Final do primeiro tempo no Estádio Rei Pelé, CRB 1 x 0 Juazeirense.

2º – TEMPO

O CRB escapou da pressão da equipe visitante no primeiro tempo, mas logo no início da etapa complementar não deu para segurar. Aos 5 minutos, cobrança de escanteio para o Juazeirense, Emílio cabeceou e Edson Mardden tentou salvar, mas a bola já havia cruzando a linha do gol. 1 a 1.

O jogo esquentou depois daí. Nino Guerreiro teve grande chance de virar e desperdiçou e Clébson desperdiçou mais uma para o time baiano. Já o CRB perdeu um gol feito com Victor Rangel, que recebeu bola na área e de cara com o goleiro, mandou para fora.

A partida ganhou o ritmo de toma lá, dá cá e quem se deu melhor foi o CRB. Bola na entrada da área, Igor chutou e o zagueiro Emílio tentou afastar e mandou contra a própria meta. CRB 2 a 1.

Assim como no primeiro tempo, depois do gol o CRB caiu de produção e viu o Juazeirense atacar. Na reta final do jogo, William e Caio César mandaram com muito perigo e tiraram tinta da trave.

Apesar da pressão final do Juazeirense, o CRB se segurou, garantiu a vitória e a classificação para a Copa do Nordeste 2020.