Weliandrei Campelo / Moto Club 1334370907ufc

Nesta Série C do Campeonato Brasileiro, a defesa do Moto Club tem um desempenho pior no segundo tempo das partidas. Em três ocasiões o time sofreu gols nos acréscimos e perdeu pontos importantes fora de casa. A última delas foi na noite dessa segunda-feira (31), contra o Confiança, em Sergipe, que valeu pela 12ª rodada.

O Moto vencia até os 45 minutos do segundo tempo. Com a vitória, o time subiria uma posição e criar uma distância de três pontos para os adversários da zona de rebaixamento. Mas não foi o que aconteceu, pois aos 46 minutos, a equipe levou o gol de empate.

O Moto já perdeu pontos também contra CSA e Remo, jogando na casa do adversário. O time sustentava empates importantes, mas perdeu com gols depois dos 45 minutos. Contra o CSA, no Rei Pelé, o gol foi aos 49 minutos. Contra o Remo, o time sofreu o gol da derrota aos 46. Neste caso no Mangueirão, em Belém, no primeiro tempo, o Moto ainda sofreu o gol do empate também nos acréscimos, aos 47 minutos.

Dos 14 gols sofridos no campeonato, o Moto pegou nove no segundo tempo. Teve até gol sofrido aos dois minutos.

Por outro lado, o ataque funcionou melhor no primeiro tempo. Dos 12 marcados, sete foram na primeira parte do jogo.

O Moto segue com 12 pontos, na oitava colocação e o próximo jogo será contra o CSA, no Castelão, às 18h de sábado.