Alexandre Vidal/Flamengo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O último compromisso de Marcelo Salles como técnico-interino do Flamengo passa longe de ser tranquilo. Apesar de enfrentar o CSA, nesta quarta-feira, às 21h30, em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro terá problemas na escalação: entre lesionados, suspensos e convocados, são sete desfalques confirmados - sendo cinco titulares absolutos.

A lista, que já era grande, aumentou consideravelmente de segunda para terça-feira. O goleiro Diego Alves foi diagnosticado com edema na coxa esquerda, o zagueiro Léo Duarte está com dores no tornozelo e o meia Diego Ribas sofreu um edema na panturrilha direita. Além disso, o lateral-direito Pará recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Fluminense, na rodada passada, e está suspenso. Eles devem ser substituídos por César, Thuler, Vitinho e Rodinei, respectivamente.

Marcelo Salles também não poderá contar com os três atletas rubro-negros que estão à disposição de suas seleções nacionais para a disputa da Copa América. São eles: Miguel Trauco, com o Peru, De Arrascaeta, com o Uruguai, e Gustavo Cuéllar, com a Colômbia. Apesar de não ser novidade e já terem estado ausentes anteriormente, o volante colombiano e o meio-campista uruguaio são desfalques de peso.

Com isso, o Flamengo deve estar escalado com: Cesar, Rodinei, Thuler, Rodrigo Caio e Renê; Piris da Motta, Willian Arão, Vitinho, Everton Ribeiro e Bruno Henrique; Gabigol.

Vale lembrar que este é o último compromisso de Salles no comando do Flamengo. Após uma sequência de duas vitórias e um empate, o interino entregará o comando para o português Jorge Jesus, contratado para substituir Abel Braga e que assumirá o comando técnico após a Copa América.