Bahia registra uma morte por meningite e outra por dengue

  • 18/04/2009 15:44
  • Brasil/Mundo

Anísio José da Silva, 50 anos, morreu na madrugada deste sábado (18), no Hospital de Base. Ele estava internado desde terça-feira (14) com suspeita de dengue hemorrágica, em Itabuna (BA).

 

No atestado de óbito, a causa da morte apontada pelos médicos foi dengue hemorrágica. Os exames para confirmação serão feitos no Laboratório Central (Lacen), em Salvador.

 

Anísio José da Silva não tinha família. Ele era de Coaraci e morava havia 16 anos no Albergue Bezerra de Menezes, em Itabuna.

 

O corpo será sepultado na tarde deste sábado, em Itabuna.

 

Uma criança de 9 anos morreu de meningite na madrugada deste sábado (18), em um hospital de Salvador. Rebeca Ayran Santos, sentiu febre e fortes dores intestinais por volta das 3h e foi levada pelos pais para o hospital. Segundo eles, a menina não teria sido medicada pela pediatra e, horas após, acabou morrendo.

 

Segundo a orientação da médica, os pais chegaram a tentar levar a menina para outro hospital, mas ela sofreu uma convulsão no caminho e os pais voltaram ao primeiro hospital.  Ainda de acordo com os pais, uma junta médica avaliou o caso da vítima, medicou a menina, mas a doença estava em estado avançado.

 

A Secretaria de Saúde do Ceará confirmou a primeira morte por dengue no estado. O caso foi registrado em Canindé (CE). Segundo a secretaria, foram registrados 2.211 casos de dengue clássica em 2009.

 

A doença está presente em 65 dos 184 municípios cearenses. Quatro casos suspeitos, de dengue hemorrágica, estão sob investigação. Dois deles em Fortaleza, um em Aquiraz (CE) e outro em Caucaia (CE).

 

No interior do estado o município de Altaneira (CE) é o mais atingido. Lá, foram registradas 60 notificações.