Foto: Paulo Marcos/Assessoria ACG Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Técnico Marcelo Cabo

Pressionado no comando técnico do CSA, que está na zona do rebaixamento da Série A, o técnico Marcelo Cabo tem mais um problema para resolver. O número do seu telefone celular foi divulgado e torcedores se aproveitaram para pressionar e agredir verbalmente o treinador azulino.

A informação surgiu na manhã desta terça-feira e foi confirmada pela diretoria azulina, que não se pronunciou detalhadamente sobre o caso, mas vai buscar os responsáveis pelo vazamento.

O MinutoEsportes apurou que inúmeras mensagens chegaram ao treinador, com teor agressivo, principalmente pedindo a sua saída do clube do Mutange.

Este foi o segundo ato de agressão verbal ao treinador. Na segunda-feira, no desembarque em Brasília, um suposto torcedor azulino, que fazia uma transmissão ao vivo pelo celular, pediu a saída do treinador, que não respondeu aos ataques.

Marcelo Cabo terá, junto ao grupo do CSA, a chance de diminuir a pressão, mas sabe que não será fácil. O time alagoano enfrenta o Flamengo, nesta quarta-feira, às 21h30 no Estádio Mané Garrincha em Brasília.