Luis Moura/WPP/Estadão Conteúdo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O Corinthians fez de tudo para renovar com o atacante Ángel Romero. Pelo menos, essa é a opinião de Matias Romano Ávila, diretor financeiro do Timão. Em entrevista ao programa De Primeira, da Rádio Bandeirantes, o dirigente abriu um pouco da negociação com o jogador paraguaio.

"O Corinthians fez de tudo para renovar com o Romero, de tudo. Todo mundo conversou, acho que o único que não conversou com o Romero fui eu, no sentido que acertasse com o Romero. Não foi possível e é um direito dele. O Romero tem 40% do passe, dos direitos federativos, Corinthians tinha 20%", declarou.

"O Romero quando chegou ganhava US$ 20 mil, passou para US$ 40 mil no segundo ano, US$ 60 mil no terceiro, US$ 80 mil no quarto. Foi oferecido ao Romero US$ 100 mil, que é um pouco abaixo do teto salarial. Hoje o dólar tá acima, mas na época era um pouco abaixo, o dolar tava R$ 3,74, não foi feito o acordo. Quando estava quase pronto, ele queria sem imposto, a gente não conseguiu chegar num acordo. Estou abrindo uma negociação que ninguém tinha falado", completou. "o corinthians fez todo o esforço, mas é todo direito do Romero de terminar o contrato e seguir o caminho dele. O ROmero é um atleta especial, dedicado, treina todos os dias, compromissado com o clube e por esta razão o Corinthians fez todo o esforço para renovar, mas não foi possível", finalizou.

O vínculo de Romero com o Corinthians termina em 14 de julho. Como não aceitar renovar, o jogador ainda não entrou em campo nesta temporada. Na tarde de terça-feira, o paraguaio deixou a torcida em dúvida ao publicar uma foto ao lado de Fábio Carille e utilizar emojis de carinha e de assinatura.

Porém, se Romero está de saída, a Fiel já pode se preparar para receber o zagueiro Gil. Ávila afirmou que defensor está acertado para voltar ao clube paulista. Segundo o diretor, resta apenas um acerto financeiro com o Shandong Luneng, da China. Outra questão em aberto é a data efetiva do retorno. Pode ser “agora, em julho ou ano que vem”.

O lateral-esquerdo Danilo Avelar, que estava emprestado pelo Torino (Itália), também vai assinar um pré-contrato com o Corinthians. A equipe alvinegra e jogador fecharam acordo por três anos.