Pastel manda recado para os fãs: “Agora sou o Pirata do Brega”

  • Redação
  • 19/03/2012 05:58
  • Cidade
Minuto Arapiraca
Pastel do Brega na UE

Quase duas semanas após sofrer um grave acidente nas imediações da cidade de Sâo Sebastião, na Região Metropolitana do Agreste, que provocou a amputação de uma perna, o cantor José Moraes dos Santos (53) - conhecido como Pastel “o Recheio do Brega” falou com a reportagem do Minuto Arapiraca.

O cantor que está em processo de recuperação na parte de observação da Unidade de Emergência do Agreste mandou um recado para seus fãs. No vídeo, Pastel diz que sempre foi um trabalhador e que não era para estar naquela situação, mas que superaria e quando recebesse alta iria voltar a cantar.

“Sempre fui um cara que gostei de trabalhar, que luto pela vida, para ajudar minha família. As pessoas me conhecem. Não queria estar aqui, queria estar trabalhando. Mas, meu empresário está me ajudando em tudo, não deixa faltar nada. Isso pra mim é importante”, falou.

No final, Pastel ainda brincou: “Quando sair daqui. vou cantar. Meu nome artístico vai mudar, será Pastel - o Pirata do Brega”.

O acidente

No dia 5 de março de 2012 um acidente ocorrido na mediações da cidade de São Sebastião deixou em apuros a vida do cantor José Moraes dos Santos (53) - conhecido como Pastel o Recheio do Brega.

Segundo informações de populares que transitavam pelo local, o vocalista estava vendendo CDs quando foi surpreendido por uma motocicleta em alta velocidade. José Moraes foi direcionado para a Unidade de Emergência do Agreste com lesão grave em uma de suas pernas.

De acordo com o setor de comunicação da UE, a lesão da perna se agravou e o procedimento cabível no momento foi a amputação. Hoje o quadro do cantor se encontra estável e em processo de recuperação.

José Moraes é famoso pelas canções, Chevette 76 - composição de Darlan Magalhães, Yale Fernandes e Nivaldo Santos - Diabinha, Clone do Lobisomem e Deixa-me viver.

Veja o vídeo