Phil Noble/ Reuters Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A meia brasileira Marta, atual melhor jogadora do mundo, segundo a Fifa, ficou fora da lista anunciada nesta quarta-feira, de indicadas ao prêmio The Best, que será entregue a maior craque de 2019 e que tem os Estados Unidos como destaque, com quatro nomes.

Ofuscada na Copa do Mundo por problemas físicos, que a fizeram atuar por pouco menos que um tempo e meio nos três jogos da fase de grupos, e durante o tempo normal e a prorrogação na derrota para a França, nas oitavas de final, a camisa 10 não poderá defender o título conquistado no ano passado.

Além disso, Marta também foi escolhida a melhor do planeta outras cinco vezes, em 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010.

Curiosamente, a segunda colocada na última edição do The Best, a alemã Dzsenifer Marozsán também ficou fora da disputa em 2019, já que foi mais uma a ter desempenho apagado no Mundial. A norueguesa Ada Hegerberg, que não disputou o torneio, foi indicada graças as atuações pelo Lyon, campeão da Liga dos Campeões feminina.

O grande destaque deste ano da premiação é a supremacia dos Estados Unidos, que conquistaram o título da Copa e emplacaram quatro nomes na lista de 12 jogadoras, com destaque para a veterana Megan Rapinoe, que já havia sido eleita a melhor da competição disputada na França.

 Nenhum jogador brasileiro foi indicado pela Fifa ao prêmio de melhor jogador do mundo. A definição dos indicados se deu pelo desempenho esportivo entre 25 de maio de 2018 e 7 de julho deste ano no futebol feminino e de 16 de julho de 2018 a 19 de julho no masculino. Os nomes serão colocados em votação, sendo que a participação popular tem peso semelhante ao de especialistas da comunidade do futebol - jornalistas e capitães e treinadores das seleções nacionais. Os três finalistas serão anunciados posteriormente, e a entrega dos prêmios está agendada para 23 de setembro, em Milão, na Itália.

Veja a lista dos indicados e indicadas:

Os 10 indicados: 

Cristiano Ronaldo (Portugal) - Juventus
Frenkie de Jong (Holanda) - Ajax / Barcelona
Matthijs de Ligt (Holanda) - Ajax / Juventus
Eden Hazard (Bélgica) - Chelsea / Real Madrid
Harry Kane (Inglaterra) - Tottenham
Sadio Mané (Senegal) - Liverpool
Kylian Mbappé (França) - Paris Saint-Germain
Lionel Messi (Argentina) - Barcelona
Mohamed Salah (Egito) - Liverpool
Virgil van Dijk (Holanda) - Liverpool

As 12 Indicadas: 

Lucy Bronze (Inglaterra) - Lyon
Julie Ertz (Estados Unidos) - Chicago Red Stars
Caroline Graham Hansen (Noruega) - Wolfsburg / Barcelona
Ada Hegerberg (Noruega) - Lyon
Amandine Henry (França) - Lyon
Sam Kerr (Austrália) - Chicago Red Stars / Perth Glory
Rose Lavelle (Estados Unidos) - Washington Spirit
Vivianne Miedema (Holanda) - Arsenal
Alex Morgan (Estados Unidos) - Orlando Pride
Megan Rapinoe (Estados Unidos) - Reign
Wendie Renard (França) - Lyon
Ellen White (Inglaterra) - Birmingham City / Manchester City