CARL DE SOUZA / AFP Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Conmebol anunciou, nesta quarta-feira, a suspensão de Gabriel Jesus por dois meses de amistosos e jogos oficiais da Seleção Brasileira. O jogador de 22 anos foi punido devido ao comportamento na decisão da Copa América, entre Brasil e Peru - que marcou o nono título do Brasil na competição.

Na partida vencida pelos comandados de Tite por 3 a 1, no Maracanã, Jesus levou o segundo amarelo aos 24 minutos da etapa final - em disputa pelo alto com Zambrano - e foi expulso. Revoltado pela decisão do chileno Roberto Tobar, o atleta insinuou que o Brasil estaria sendo roubado, socou a cobertura do banco de reservas brasileiro, quase derrubou o monitor do VAR, e saiu aos prantos pelos corredores do estádio que dão acesso aos vestiários.

A punição fará com que Gabriel Jesus perca os amistosos contra Colômbia e o Peru, em setembro, nos Estados Unidos. O atacante do Manchester City poderá retornar à Seleção nas datas Fifa no início de Outubro, para as quais o Brasil ainda não tem jogos previstos.

Além da suspensão de dois meses, o camisa 9 brasileiro foi multado em US$ 30 mil (R$ 119,3 mil), valor que será descontado das premiações que a seleção brasileira ainda tem a receber. O jogador tem sete dias para recorrer da decisão.