Posto de saúde é controlado por câmeras em Foz do Iguaçu

  • 22/04/2009 03:43
  • Brasil/Mundo

O prefeito de Foz do Iguaçu (PR), Paulo Mac Donald, iniciou uma polêmica. Ele instalou câmeras em um posto de saúde para fiscalizar todos os detalhes do atendimento ao público, mas nem todo mundo aprovou.


As câmeras e o microfone vigiam a recepção do posto de saúde. Os equipamentos também registram o que acontece na farmácia e no local onde fica o cartão ponto. As imagens e as conversas vão pela internet diretamente para o gabinete do prefeito. Além do prefeito, a secretária de Saúde e a chefe do posto podem acessar, ao vivo, as imagens pela internet.


Os equipamentos foram instalados há um mês e o prefeito afirma que o atendimento melhorou. A novidade dividiu a opinião de pacientes e não agradou nada a médicos e enfermeiros.

Um dos principais motivos de reclamação dos profissionais é uma das câmeras com microfone que foi instalada dentro da enfermaria do hospital. Muitos pacientes chegam em estado grave e doentes psiquiátricos também são levados para o local.

 

Os funcionários do posto fizeram um abaixo assinado reclamando do monitoramento. O Conselho Municipal de Saúde entendeu que a câmera dentro da enfermaria é ilegal porque fere o direito de privacidade dos pacientes. O órgão enviou um ofício para o prefeito exigindo a retirada imediata do equipamento.

 

Mas o prefeito diz que não vê constrangimento nenhum na vigilância e vai instalar câmeras nos outros postos de saúde de Foz do Iguaçu. O Conselho informou que vai procurar o Ministério Público.