Foto: Paulo Chancey / Minuto Esportes Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true CSA x Fortaleza

O CSA frustrou a sua torcida mais uma vez no Estádio Rei Pelé. Na noite desta segunda-feira (12), o time marujo recebeu o Fortaleza, falhou e foi penalizado, perdendo de 2 a 0.

A derrota complica o CSA que seguirá na zona do rebaixamento, mais precisamente na vice-lanterna com apenas 8 pontos. Na próxima rodada o time azulino enfrenta o Fluminense, no domingo, às 16h00 no Maracanã.

O jogo - 1° Tempo

Bola rolando, a torcida do CSA empurrava o time, mas logo o silêncio iria pairar sobre o Rei Pelé. Aos 4 minutos, bola levantada na área e Bruno Melo subiu sozinho, desviando para o fundo do gol.

O time foi surpreendido em campo e demorou a assimilar o golpe. A estratégia foi se fechar e se defender para evitar uma nova surpresa da equipe visitante.

Aos poucos o time da casa chegava, com Jhonatan Gomez que bateu para fora e principalmente com Carlinhos, que fez boa jogada pela esquerda e bateu rasteiro, para defesa do goleiro Felipe Alves.

O jogo mostrava o CSA atrás do placar, mas com problemas na criação de jogadas e mesmo assim, conseguia segurar o Fortaleza. No entanto, aos 36 minutos, em nova falha da defesa, Carlinhos não cortou cruzamento e Edinho, ex-CSA, mandou na saída do goleiro Jordi. 0 x 2.

Até o final do primeiro tempo, o CSA tinha melhores números. O dobro de posse de bola, mais finalizações, mas vacilou e terminou perdendo por 2 a 0.

2° - Tempo

Na volta para a segunda etapa, o CSA mudou. O técnico Argel Fucks tirou o atacante Ricardo Bueno e promoveu a estreia do paraguaio Bustamante.

Apesar das tentativas, os mesmos problemas, falta de criatividade e risco de contra-ataques. O Fortaleza parecia ter o comando do jogo, uma vez que não sofria, assustava e assim, mantinha o resultado com certa folga.

Argel seguiu mudando, tira do Didira para entrada de Euller e Apodi que foi substituído por Dawhan
 A situação do CSA era difícil, em pleno "Trapichão".

No último lance de perigo, o CSA se lançou ao ataque, bola na área e Alecsandro bateu e mandou no travessão, com a defesa do Fortaleza afastando em seguida.

O jogo seguiu sem opções para o CSA em campo. Assim, o placar não mudou e o time alagoano acabou derrotado por 2 a 0.