Foto: Gustavo Henrique/ CRB Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Técnico Marcelo Chamusca

Dizem que jogar em casa pode ser considerada uma vantagem, por conhecer o campo de jogo e ter a maioria da torcida apoiando a equipe. Porém, a história não tem se aplicado para o CRB, que não vence a cinco jogos atuando no Estádio Rei Pelé e terá mais uma oportunidade de quebrar esse jejum, nesta terça-feira (10), às 18h45 diante do Brasil de Pelotas pela Série B.

Há cinco rodadas, o “Galo”, considerado um dos melhores visitantes da competição nacional, não consegue vencer jogando no “Trapichão”, frustrando a sua torcida.

A última vitória do time alvirrubro jogando em casa aconteceu no dia 23 de julho diante do Criciúma, com o placar de 2 a 0. Para tentar sair dessa situação, o técnico Marcelo Chamusca não deve mexer na estrutura do time, apesar.

Sendo assim, o time alagoano deve entrar em campo com Vinicius Silvestre, Daniel Borges, Wellington Carvalho, Victor Ramos e Igor; Claudinei, Lucas Siqueira, Lucas Abreu, Felipe Ferreira e Alisson Farias; Léo Ceará.

O técnico ainda terá duas boas opções para a partida. Recém contratados, os atacantes Edson Cariús e Iago estão aptos para entrar em campo e serão opção no banco de reservas.

CRB e Brasil de Pelotas se enfrentam nesta terça-feira, às 18h45, em jogo válido pela 22ª rodada da Série B. O time alagoano está em 9º com 30 pontos, enquanto a equipe gaúcha ocupa a 11ª posição com 28.