Produção pesqueira do São Francisco é tema de debate em Penedo

  • Redação
  • 21/04/2012 07:24
  • Cidade

Alunos do terceiro período do curso de Engenharia de Pesca realizam na quarta-feira, 25, a partir das 8 horas, na Casa da Aposentadoria de Penedo, um debate sobre a importância do Rio São Francisco para o desenvolvimento econômico da região, cuja degradação ao longo dos anos tem comprometido a produção pesqueira, principal fonte de renda das comunidades ribeirinhas.

O evento é uma atividade da disciplina Introdução à Engenharia de Pesca, ministrada pelo professor Emerson Soares e envolverá a Companhia dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Prefeituras de Penedo, Piaçabuçú e de Arapiraca, Vigilância Sanitária, Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal), Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae), Colônia dos Pescadores, Secretaria de Estado da Pesca e Aquicultura (Sepaq) pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas e comunidade.

De acordo com a coordenadora do curso, Taciana Kramer, o debate inicia com a palestra sobre o "Papel do Engenheiro de Pesca no aumento da produção pesqueira”, com o professor Leonardo Sales, da Ufal. Outros temas em discussão: "Descrição técnica da pesca no Baixo São Francisco – regaste cultural", com Igor da Mata; "Situação da ictiofauna e métodos de cultivo para o aumento da produção pesqueira no Baixo São Francisco" , com Emerson Soares; "Tucunarés e caras-boi: espécies exóticas no Baixo São Francisco", com Claudio Sampaio; "A importância do manguezal para produtividade pesqueira", com Alexandre Oliveira; e "Qualidade do pescado no Baixo são Francisco", com Valéria Lima.

Na programação, apresentação oral pelos alunos do terceiro período do curso de Engenharia de Pesca enfocando a pesquisa sobre “Condições para o aumento da produção de pescado nos municípios de Arapiraca, Penedo, Piaçabuçú e Maceió. Uma mesa-redonda das 11h15 às 12h15m encerra o evento.

Na Unidade de Ensino de Penedo do Campus Arapiraca são ofertados os cursos de Engenharia de Pesca e Turismo.