ASA perde para o CEO e enfrenta o CSE na semifinal do Campeonato Alagoano

  • Redação
  • 21/04/2012 14:26
  • Esporte

O ASA entrou em campo com a missão de vencer e torcer por um tropeço do CSA para garantir a liderança. O CEO, por outro lado, precisava vencer e torcer por um vacilo do Penedense para se garantir na elite do Campeonato Alagoano. No final das contas, o time mandante levou a melhor. Claudinho, Buiu e Nem garantiram a vitória do CEO, enquanto o zagueiro estreante Gaúcho descontou para o time arapiraquense.

O jogo teve início com o ASA estudando o adversário. Enquanto isso, o CEO já buscava marcar nos primeiros minutos, chegando a levar perigo para o gol do goleiro Jonatas. Após as investidas do time mandante, o ASA partiu para o ataque com bola parada, mas a zaga adversária afastou o perigo.

O primeiro gol da partida saiu aos 16 minutos. Após o meia Nem cobrar escanteio, Claudinho subiu mais que a zaga e, cabeceando, mandou a bola no canto do goleiro Jonatas, balançando as redes alvinegras e abrindo o placar no estádio Edson Matias.

Em seguida, apenas 6 minutos depois, os donos da casa chegaram ao segundo gol. Em mais uma jogada aérea, Neto Bala mandou para Buiu também cabecear em direção ao gol do arqueiro Jonatas, ampliando o placar.

Com dificuldades, o ASA buscava diminuir a vantagem do adversário. O meia Didira ainda tentou com uma jogada individual, mas não levou perigo para o goleiro do CEO. O CEO continuava melhor em campo, e até chegou com perigo com o meia Nem.

O gol alvinegro saiu aos 39 minutos do primeiro tempo. O ASA conseguiu marcar o seu gol também através de cobrança de escanteio. Após rebote na área, o zagueiro estreante Gaúcho cabeceou no canto do goleiro Humberto e garantiu seu gol.

No segundo tempo, os dois times realizaram modificações na equipe. O ASA voltou querendo empatar a partida, enquanto o CEO tentava ampliar o placar. O time arapiraquense ainda tentou chegar com Gabriel e Henri, mas a zaga adversária estava esperta.

O ASA ainda tentava o empate no contra-ataque, mas pecava nas finalizações, desperdiçando as oportunidades. Enquanto isso, o time da casa procurava espaços deixados pelos arapiraquenses para marcar o terceiro gol.

Foi então que, no contra-ataque, o experiente Nem finaliza em direção ao gol do goleiro Jonatas, a bola bate na trave, resvala no arqueiro alvinegro e garante o terceiro gol da equipe, garantindo o placar de 3 a 1.

Missão cumprida, o CEO venceu o ASA e garantiu sua permanência na primeira divisão do Campeonato Alagoano. Já o clube arapiraquense, que já estava garantido nas semifinais, vai realizar mais um “clássico do interior”, enfrentando o CSE na próxima quarta-feira.