Alexandre Vidal/Reprodução/Flamengo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A revisão e a anulação da marcação do pênalti inicialmente dado em Lucas Silva resultou em reclamações dos jogadores, técnico e direção do Flamengo após a vitória por 2 a 0 sobre o Athletico, na Arena da Baixada, pela 25ª rodada do Brasileirão. Nesta segunda, o canal "Sportv" reproduziu os áudios da conversa entre o árbitro Braulio da Silva Machado (Fifa/SC) e a equipe de vídeo: Rodrigo Guarizo F. do Amaral, Marcio Henrique de Gois, Alex Ribeiro e Ednilson Corona.

Os áudios entre a equipe de arbitragem foram reproduzidos. Na transmissão, não foram identificados os autores de cada intervenção.

Em uma delas, um membro da equipe de arbitragem diz que, por um determinado ângulo, foi "mais do que pênalti". Na sequência, outro diz que outra imagem é "inconclusiva". Por fim, um dos árbitros afirma: "Como é que nós vamos deixar um negócio desses?".

Confira as aspas reproduzidas pelo Sportv nesta segunda-feira:

- Vou parar na hora que ele pisa no pé.

- Para na hora que ele pisa no pé, você lembra a hora?

- Essa aqui também, não?

- Mostra a outra que tem do pé. Você consegue mostrar a outra?

- Isso, oh... Na esquerda ele pisa no pé. Passa mais...

- Tem mais de trás?

- Tem mais de trás?

- Mais de trás é inconclusiva.

- Mais de trás é mais do que pênalti.

- Essa daqui é pênalti, oh.

- Deixa eu ver de novo.

- Parece, cara... Parece pênalti.

- Essas estão mais lentas.

- Ele (Lucas Silva) não muda nem o movimento da perna dele. Se tocasse, a perna dele teria que vir para trás.

- Nem vem... Como é que nós vamos deixar um negócio desses?