Foto: ASCOM/CRB Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O técnico Marcelo Cabo conversou com a imprensa na tarde desta quinta-feira, no CT “Ninho do Galo”, após a goleada para o Cuiabá. O comandante regatiano falou sobre a derrota do time regatiano e o que time precisa fazer para não ser surpreendido pelo Atlético. 

“Foi um resultado atípico, um ponto fora da curva. Alguns fatores levaram a esse resultado elástico. A gente no futebol precisa estar preparado para esses momentos. A gente precisa recalcular rota, depois de um resultado desse, precisamos analisar. Tomamos 8 gols em um tempo e meio. Precisamos reorganizar o sistema defensivo. Não podemos pegar e jogar no lixo tudo que o CRB fez”, disse. 

O time regatiano precisa ganhar do Atlético-GO para se manter vivo na disputa pelo acesso. Cabo afirma que o CRB vai apostar todas as fichas nesse jogo diante da equipe Goiana. 

“O CRB em uma mesa de jogo, vai jogar todas as fichas nesse jogo. Precisamos dessa vitória, vamos se impor dentro de casa, precisa dá uma resposta imediata para todos do último revés. Vamos jogar todas as fichas nesse jogo do Atlético, que passa ser o jogo importante para o CRB”, afirmou. 

Na chegada da delegação regatiana, no Aeroporto Zumbi dos Palmares, alguns torcedores foram até o local conversar com técnico Marcelo Cabo e ele revelou o teor da conversa. 

“Quando eu desembarquei, fui recebido por alguns torcedores, que muito educadamente conversaram comigo. Foi mais uma palavra de apoio, do que de cobrança. Parabenizo a todos pela educação, pela forma pacífica que vieram se colocar a mim e aos jogadores”, revelou. 

O CRB recebe o Atlético Goianiense, no próximo Sábado (09), no Estádio Rei Pelé, às 19h00, pela trigésima quarta rodada do Brasileirão.