Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Mais uma vez, episódios de racismo mancharam a rodada do futebol na Europa. Neste domingo, os brasileiros Taison e Dentinho, do Shakhtar Donestk, foram vítimas de torcedores do Dínamo Kiev em partida do Campeonato Ucraniano.

Aos 30 minutos do segundo tempo, parcela da torcida visitante fez ofensas de cunho racista em direção aos brasileiros. Irritado, Taison mostrou o dedo do meio em direção à arquibancada e chutou a bola para longe.

Por essa atitude, o atacante foi expulso e deixou o gramado chorando. Dentinho também demonstrou indignação, mas permaneceu em campo.

Se, na arquibancada visitante, o clima era de hostilidade, dentro de campo, os jogadores do Dínamo Kiev demonstraram apoio aos brasileiros. Cogitou-se suspendar a partida, mas a bola voltou a rolar pouco depois.

No Twitter, o Shakhtar demonstrou apoio aos atletas: "Vocês são os melhores! Estamos com vocês! #RacismoNão".