Divulgação/Renato Aoki Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

AV Assessoria de Imprensa
     Florianópolis-SC

Caso não consiga visualizar esse e-mail entre no nosso site.

Mais uma vez indicado ao Troféu Guga Kuerten, Douglas Brose segue preparação para próxima etapa da Liga Mundial

 

Vitórias, medalhas, recordes e prêmios sempre fizeram parte da vida esportiva do carateca Douglas Brose e nessa temporada não está sendo diferente.

Medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima, o carateca foi novamente indicado no Troféu Guga Kuerten para concorrer como melhor atleta catarinense de 2019. A divulgação do vencedor será no próximo dia 02 de dezembro, durante a realização do evento.

“Feliz demais pela indicação. É sempre uma honra ter o seu nome lembrado num evento tão importante e de tanta credibilidade como o Troféu Guga Kuerten”, revelou o atleta.

E a agenda de um dos maiores ícones do karatê mundial segue frenética. Na próxima quinta-feira (14) Douglas Brose ministrará um curso durante a Aruba Cup, no Caribe. Na sequência o carateca vai para o Rio de Janeiro se juntar aos demais atletas da seleção brasileira para intensificar os treinamentos visando a próxima etapa da Liga Mundial que será disputada na Espanha.

“Já faz alguns anos que o meu ritmo de competições, seminários e treinamentos é uma loucura. Passo praticamente o ano inteiro viajando o mundo buscando ensinar e adquirir conhecimento também. Essa foi a vida que escolhi e isso me deixa muito feliz”, destacou Brose.

A etapa da Liga Mundial na Espanha está programada para acontecer entre os dias 28 e 30 de novembro. Um dos maiores incentivadores da inclusão do karatê nos jogos olímpicos de Tóquio 2020, Douglas Brose segue lutando, literalmente, para estar presente no maior evento esportivo do mundo como representante brasileiro da categoria.

“A corrida por uma vaga não está nada fácil. É um objetivo que coloquei como prioridade e que sigo buscando fazer o meu melhor para que eu esteja entre os classificados para a competição. Seria a realização de um sonho competir uma olimpíada defendendo o meu país”, finalizou Brose.