Adriano Machado / Reuters Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Após as conquistas da Libertadores e do Campeonato Brasileiro pelo Flamengo nesta fim de semana, o técnico Jorge Jesus foi até a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro para ser homenageado. O comandante português recebeu o título de Cidadão Honorário do Rio de Janeiro.

O projeto para homenagear Jorge Jesus foi do vereador Felipe Michel, que já atuou pelo Flamengo em três oportunidades. A cerimônia contou com as presenças do governador Wilson Witzel e do presidente do Flamengo, Rodolfo Landim. Torcedores do Flamengo lotaram as galerias da Câmara para prestigiar o evento.

"Antes de ser cidadão carioca já era cidadão brasileiro. Portugal está ligado ao Brasil desde 1500. Sinto grande orgulho, tem um grande significado. Um dos motivos disso é o Flamengo. Não vou me cansar de dizer que o Flamengo é o maior clube do mundo", discursou Jorge Jesus visivelmente emocionado, ao lado da esposa Ivone Jesus e de seus filhos.

O 'Mister', como gosta de ser chamado, chegou ao Flamengo no meio da temporada, mas rapidamente caiu nas graças da torcida. Sob seu comando, os rubro-negros emplacaram uma sequência positiva que culminou no título do Campeonato Brasileiro e na conquista da Libertadores.

A partir de agora, o Flamengo passa a focar no Mundial de Clubes. A estreia na competição será no dia 17 de dezembro, contra o vencedor do duelo entre Al Hilal-ARA e Esperánce-TUN.

Pelo Campeonato Brasileiro, os rubro-negros voltam a campo nesta quarta-feira, contra o Ceará, em jogo que marca o reencontro do elenco com a torcida após os títulos do fim de semana. O elenco campeão ganhou folga nesta segunda-feira e tem reapresentação marcada para esta terça no Ninho do Urubu.