3º BPM participa de capacitação com a Guarda Costeira dos EUA

  • Redação
  • 06/06/2012 09:30
  • Polícia
Comandante Wellington Bittencourt

O Tenente-coronel Wellington Bittencourt, comandante do 3º Batalhão, sediado em Arapiraca, participou de um curso de capacitação na embaixada norte-americana em Brasília, ofertado pela Guarda Costeira dos Estados Unidos, entre os dias 21 de maio e 1º de junho deste ano.

O curso denominado “Gestão de Comando para Incidentes de Alto Risco” teve como enfoque principal os grandes eventos internacionais que ocorrerão no Brasil nesta década, a exemplo da Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016, e foi voltado para agentes de segurança pública do Brasil, contando com a presença de policiais federais, rodoviários federais, policiais militares, civis, bombeiros e até mesmo secretários de estado.

Para tanto, foram ministradas aulas teóricas e práticas relacionadas as medidas que devem ser adotadas pelo comandante de um determinado evento que por ventura seja assolado por um fato externo, a exemplo de um ataque terrorista. No final os instrutores realizaram um estudo de caso, onde foi simulado um atentado terrorista utilizando bombas no Estádio Mineirão, o qual acarretou em vítimas e danos de grande porte.

Na oportunidade, os discentes tiveram que agir imediatamente com os recursos iniciais, além de projetar o desenvolvimento do incidente, buscando resolvê-lo num curto espaço de tempo, visando minimizar os danos.

“Com a realização da Copa do Mundo no Brasil, não só as cidades-sede, mas também as capitais vizinhas tem a possibilidade de recepcionar seleções, servindo como bases para treinamento. Isto acarreta diretamente no aumento do fluxo de turistas e visitantes, provocando mudanças na dinâmica da cidade, tornando-a mais vulnerável. Dessa forma, torna-se imprescindível um comando para pronto emprego em situações cruciais que exijam uma resposta imediata”, explicou o tenente-coronel Bittencourt.