CGU diz que gastos do governo com suprimento de fundos caíram no primeiro trimestre

  • antoniomelo
  • 28/04/2009 23:29
  • Brasil/Mundo

A CGU (Controladoria-Geral da União) informou que os gastos do governo federal com cartões corporativos em 2009 foram provocados pelo fim das chamadas contas tipo B --modalidade usada para pagamento de despesas com suprimento de fundos.

 

Os gastos do governo federal com cartão corporativo de janeiro a março deste ano cresceram 142% em relação ao mesmo período de 2008, segundo levantamento realizado por técnicos do PSDB com base em dados do Siafi (sistema eletrônico de acompanhamento orçamentário).

 

A CGU informa que as contas do tipo B foram extintas pela falta de transparência que elas apresentavam.

 

O secretário-executivo da CGU, Luiz Navarro, disse que no primeiro trimestre deste ano os gastos totais do governo --considerando os cartões e o suprimento de fundos-- caíram 26,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Ele criticou ainda o fato do levantamento ter sido feito pelo gabinete do PSDB e disse que os dados não correspondem à realidade por utilizarem bases de dados diferentes: o primeiro trimestre de 2008, quando ainda existiam as contas B e o primeiro trimestre deste ano, quando os cartões passaram a responder por todos os gastos com suprimento de fundos.

 

Navarro atribuiu também a queda nos gastos com suprimento de fundos às restrições para saque em dinheiro.