Divulgação/Mineirão Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Com o rebaixamento inédito do Cruzeiro para a Série B, o Mineirão virou campo de guerra neste domingo. Banheiros, cadeiras, bebedouros, televisões e outros objetos foram depredados por torcedores durante a partida contra o Palmeiras. Pelo Twitter, o perfil do estádio desabafou e compartilhou imagens da destruição dentro do Gigante da Pampulha.

O desabafo foi feito em uma publicação escrita na primeira pessoa, fazendo alusão aos sentimentos do Mineirão. “Tem gente que acha que é só um gigante de concreto, mas eu tenho alma. Torço, vibro, comemoro e sofro, fico triste. Ver um mineiro rebaixado é muito ruim. Mas o mais dolorido foi ver os torcedores apaixonados que costumam vibrar na arquibancada, se transformarem em vândalos”, escreveu.

Um segundo tuite completou o desabafo. “Por aqui trabalhamos duro para receber bem a todos. Infelizmente, o vandalismo tomou conta e, com tristeza, mostro que o resultado fora de campo. É importante a sociedade refletir sobre o comportamento do torcedor. Torcemos por um 2020 diferente!”, concluiu.